Apóstolas
Clelia Merloni
Coração de Jesus
Província - PR
Vice-Província
Educação
Saúde
Pastoral
Ação Social
Vocacional
Triunfo
GFASC
Links
Localização
WebSisterZu
Página Inicial
 
Serviços
Capela Virtual
Arquivos
Calendário
Cartões
Fotos
Informativos
Mensagens
Mural
Notícias
Enquete
WebMail
Vocacional


Ir.Zuleides

Como descobri o Chamado de Deus

Que eu me lembre, descobri o chamado de Deus, quando era ainda criança, mesmo antes de ir para a escola e conhecer uma religiosa. Acontece que, não tendo televisão, passávamos muito tempo brincando, conversando, contando histórias, desenhando, e aprendendo versinhos.

Minha mãe costurava e dava aulas de bordado. Era feliz e cantarolava durante o trabalho. Eu ficava observando. Pelo meio da tarde, tínhamos tempo para lanche e para nossas conversas. Lembro-me de um calendário grande em que, para cada dia havia uma figura de santo. Imagine, então, quantas histórias de santos ouvi! Chamou a minha atenção parte de um papel de carta com a imagem de Santa Teresinha, que minha mãe guardava em seu livro de oração. Tinha também um valor afetivo para ela, pois era lembrança de papel de carta que meu avô vendia. Lembro também de um santinho de Santa Maria Mazarello. Minha mãe falava a respeito dessas pessoas que dedicavam a vida a Deus. Meu pai, depois do jantar, brincava conosco e contava muitas histórias. Tudo isso, antes de eu completar sete anos, quando morávamos no norte do Paraná. Lembro de uma tarde, quando, ouvindo minha mãe contar essas histórias de santos, senti um primeiro desejo: Quero ser parecida com essas pessoas. Foi um chamadinho, eu diria. Nos anos seguintes, Deus continuou chamando de uma forma ou de outra e, cada vez mais eu ia compreendendo e pedindo luzes para acertar o caminho. Eu tinha tantos desejos: Queria ser bailarina, maestrina, ser e fazer tantas coisas ao mesmo tempo.

Mas, quando estamos atentos, percebemos que Deus vai mostrando o que Ele quer de nós. E precisamos dar uma resposta de amor. No casamento também é assim, de tempos em tempos os pais precisam renovar o amor, pois as responsabilidades e as preocupações vão crescendo.

Então, foi assim, Thiago, ouvi na infância, pelas histórias que minha mãe contava e continuei ouvindo o chamado, pelas catequistas e professoras, filminhos, leituras e muito tempo de oração. Fico-lhe agradecida pela oportunidade de lembrar desses momentos bonitos da minha vida.


© Ir. Zuleides M. de Andrade, ASCJ
Curitiba-PR
www.apostolas-pr.org.br

NOTA: O relato acima foi escrito para uma criança de quarta série, que precisava entrevistar uma religiosa, no mês vocacional.



Programa "Conversas do Coração"
Aos domingos: das 21h às 22h
Rádio Evangelizar AM 1060 - FM 90,9





Voltar aos Relatos Vocacionais

Versão para impressão
Conteúdo visualizado 1.158 vezes.
Última atualização em 02/08/2011.
Copyright © 2007 - Instituto das Apóstolas do Sagrado Coração de Jesus - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por: MDR Informática - projetos web sob medida